Corte químico: aprenda tudo sobre ele, saiba o que é e como prevenir!

Na hora de pintar, descolorir e especialmente alisar o cabelo, é essencial estar atento aos produtos utilizados, ao modo como o tratamento é feito e também ao profissional que vai cuidar do seu cabelo.

Posteriormente, você deve ficar atento a todas essas questões para evitar o chamado corte químico.

Para ajudar você a entender mais sobre o corte químico e como se prevenir, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessada em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

O que é um corte químico?

Em resumo, o corte químico nada mais é do que o resultado de um tratamento químico, que ocasiona uma quebra da fibra capilar. Isso pode resultar em consequências imediatas e visíveis, bem como, após um tempo em que o procedimento foi realizado.

A forma mais radical é quando o corte químico acontece próximo da raiz. Contudo, podem haver sintomas no comprimento do cabelo, com fios quebrados e sem brilho algum.

Pode ocorrer, como consequência, a queda anormal de fios de cabelo, bem como o aparecimento repentino de pontas duplas e até triplas.

Como se prevenir de um corte químico?

1. Converse com o seu cabeleireiro

Ir para o cabelereiro e mentir sobre os procedimentos realizados anteriormente em seu cabelo pode se tornar um grande problema, e pode gerar um futuro corte químico.

Para que fique mais claro para você, entenda a seguinte situação:

Você chega no cabelereiro para descolorir totalmente o seu cabelo. Contudo, algumas semanas atrás, você fez um alisamento permanente e não informou o profissional sobre isso quando ele lhe perguntou.

Portanto, o produto que ele escolher, pode afetar o seu cabelo, que já sofre com a química do alisamento permanente e causar um corte químico.

Dessa forma, não minta ou omita qualquer informação para o profissional que está cuidando do seu cabelo, as consequências não podem ser agradáveis.

2. Leia as fórmulas dos produtos

Primeiramente, se você costuma aplicar produtos em casa, é melhor sempre estar atenta as recomendações na embalagem do produto. Bem como, seguir todas as instruções de uso descritas.

Para não comprometer a saúde dos seus fios, é essencial que você pesquise a fundo os produtos que utiliza, bem como a compatibilidade que eles possuem entre si.

3. Faça sempre o teste da mecha

Assim sendo, o corte químico geralmente acontece imediatamente na aplicação do produto. Por isso, é interessante, antes de fazer um novo tratamento em todo o cabelo, aplicar em uma pequena mecha para chegar a compatibilidade.

4. Utilize produtos para o tratamento e manutenção da química

Primeiramente, se você deseja evitar o corte químico, é essencial que você busque por produtos que sejam específicos para cabelos que estejam passando por transformações químicas. Isso porque eles garantem os nutrientes necessários para manter os fios de cabelos saudáveis.

Use essa rotina no seu cabelo

Em resumo, é necessário utilizar sempre produtos adequados para os cabelos com química. Segue as dicas abaixo:

  • Use boas máscaras durante o banho para hidratar mais as madeixas;
  • Utilize um protetor térmico para evitar que os fios fiquem danificados com o uso do secador ou chapinha;
  • Óleos de finalização dão mais brilho nos cabelos. Faça desse produto sua rotina diária.

O que fazer se isso acontecer com você?

Ter um corte químico não é o final do mundo, de fato, isso acontece com diversas pessoas. Primeiro entenda: não há tratamento para consertar um fio que esteja quebrado, mas é possível recuperar um fio que ainda não esteja quebrado, mas pode vir a quebrar.

Se grande parte do cabelo possui fios quebrados, a melhor opção é eliminar esses fios para que os novos possam nascer saudáveis. Caso contrário, a tendência é que eles continuem a quebrar.

Agora você já sabe como se prevenir do corte químico, bem como, o que isso significa. Siga as dicas acima, tenho certeza que você terá sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *